17:20 16 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Soldados norte-americanos no nordeste da Síria

    Secretário de Estado dos EUA exige retirada das forças iranianas da Síria

    © AFP 2018 / AHMAD AL-RUBAYE
    Oriente Médio e África
    URL curta
    16229

    O secretário de Estado dos EUA, Rex Tillerson, exigiu a retirada das forças iranianas da Síria. Em resposta, Teerã exigiu que Washington saia do território sírio, onde permanece sem autorização de Damasco.

    O Irã tem negado repetidamente a presença de suas tropas na Síria, mas admitiu ter enviado seus conselheiros militares para ajudarem o governo sírio no combate aos terroristas. Teerã também tem sido um dos garantes do regime de cessar-fogo na Síria e mediador nas negociações de paz.

    Ali Akbar Velayati, assessor para os assuntos internacionais do líder iraniano criticou duramente a exigência expressada por Rex Tillerson, e exigiu, por sua vez que os EUA saiam da Síria, pois Washington está no país sem a permissão de Damasco.

    "A presença militar iraniana na Síria se baseou em um convite do governo sírio", comentou Velayati as afirmações de Tillerson.

    Hoje mais cedo, o secretário de Estado norte-americano se mostrou preocupado com os recentes incidentes na Síria envolvendo Israel, cujas forças afirmaram ter abatido um drone iraniano sobre as disputadas Colinas de Golã, atacando depois instalações iranianas na Síria.

    Em resposta, os sistemas de defesa antiaérea sírios derrubaram um caça F-16 israelense, provocando outra série de ataques de Israel contra "alvos iranianos adicionais" na Síria.

    A chancelaria iraniana, por sua vez, negou sua presença militar na Síria, criticando as afirmações sobre o abate de seu drone.

    Ali Akbar Velayati, por sua parte, afirmou: "Israel deve saber que cada ataque terá a mesma resposta, pois é um direito da Síria. O eixo de resistência protegerá a sua soberania e não permaneceremos calados perante a agressão israelense".

    Tags:
    conflito regional, confronto, Departamento de Estado dos EUA, Daesh, Rex Tillerson, Ali Akbar Velayati, Irã, Síria, Israel, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik