18:12 19 Setembro 2018
Ouvir Rádio
    Militantes do grupo jihadista conhecido como Frente al-Nusra

    Ministério da Defesa russo: Frente al-Nusra é o principal desestabilizador na Síria

    © AFP 2018 / Guillaume Briquet
    Oriente Médio e África
    URL curta
    4152

    Segundo o Ministério russo, o grupo terrorista Frente al-Nusra (proibido na Rússia) é a fonte principal da situação instável da Síria, declarou o representante oficial da entidade, Igor Konashenkov.

    Ele sublinhou que os terroristas deste grupo, recebendo apoio em armas e dinheiro, tentam minar o processo de paz nas zonas de desescalada, expulsando os grupos da oposição moderada.

    Para o representante do Ministério é muito preocupante o fato de os terroristas da Frente al-Nusra possuírem sistemas de mísseis antiaéreos portáteis que podem ser usados "não apenas na Síria e não apenas contra aviões militares".

    "O Ministério da Defesa está trabalhando para estabelecer o tipo destes sistemas e canais pelos quais os terroristas os obtêm", disse Konashenkov.

    Para além disso, ele acrescentou que o grupo Al-Qaeda (organização terrorista, proibida na Rússia) virou um instrumento nas mãos de países com alta tecnologia que estão descontentes com o papel-chave da Rússia na libertação da Síria.

    Mais:

    Tropas sírias iniciam operação contra Frente al-Nusra em Idlib
    Fonte: exército sírio luta contra Frente al-Nusra em Idlib
    Rússia retalia derrubada de caça: 30 terroristas foram eliminados na Síria
    Tags:
    armas, sistemas de defesa, terrorismo, Al-Qaeda, Frente al-Nusra, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik