17:41 16 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Soldados das Unidades de Proteção Popular (YPG)

    Turquia adverte sobre perigo para militares norte-americanos na Síria

    © REUTERS / Rodi Said
    Oriente Médio e África
    URL curta
    Turquia lança ofensiva contra Afrin (65)
    16242

    Militares americanos vestidos com uniformes das Unidades de Proteção Popular (YPG) podem virar alvo da operação turca na Síria, declarou o vice-premiê turco, Bekir Bozdag.

    As relações entre Ancara e Washington passam por uma séria crise devido ao apoio militar que os EUA prestam às YPG, consideradas organização terrorista pela Turquia.

    "Se os terroristas [das YPG] não deixarem Manbij, lançaremos uma operação militar nesta região síria, assim como a leste do rio Eufrates. Com isso, os militares dos EUA em uniformes das YPG também virarão alvos de nossas Forças Armadas", declarou Bozdag citado pelo canal CNN Turk.

    Na quarta-feira (31) o vice-premiê turco apelou a Washington que envidasse esforços a fim de evitar confrontos entre militares turcos e americanos no norte da Síria. Segundo Bozdag, Ancara faz tudo para evitá-lo, mas os esforços têm que ser aplicados por ambas as partes.

    A Turquia está realizando a operação Ramo de Oliveira contra os curdos em Afrin desde 20 de janeiro. Os militares turcos são apoiados pelos combatentes do Exército Livre da Síria, que se opõem ao Governo sírio.

    Damasco condena a ofensiva turca em Afrin, chamando este território de parte integrante da Síria. Os EUA declaram que a operação turca pode levar à escalada da situação na Síria. Moscou pede às partes que mostrem comedimento e respeitem a integridade territorial da Síria.

    Tema:
    Turquia lança ofensiva contra Afrin (65)

    Mais:

    Apesar dos avisos da Turquia, EUA não planejam sair da cidade síria de Manbij
    Alemanha suspende fornecimentos de armas à Turquia por operação na Síria
    Erdogan: Turquia lutará até não restar nenhum terrorista na fronteira com Iraque
    Tags:
    operação militar, ofensiva, YPG, Afrin, EUA, Síria, Turquia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik