21:45 07 Julho 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    4110
    Nos siga no

    Moscou apelou para não "perder a hora", quando os combatentes do Daesh (organização terrorista proibida na Rússia e em vários outros países) começarem a atacar a Ásia Central, já que a probabilidade perigosa deste cenário cresceu.

    Foi isso que afirmou nesta quinta-feira (1), Zamir Kabulov, diretor do departamento da Ásia no Ministério das Relações Exteriores da Rússia.

    De acordo com ele, os "terroristas chegaram ao Afeganistão não para anunciar jihad contra os norte-americanos", mas para criar uma "plataforma para a futura expansão à Ásia Central".

    "Isso é sério. Não quero dizer que eles já estão atacando a Ásia Central, mas eles estão se preparando para fazer isso. Caso percamos este momento, precisaremos enfrentar posteriormente uma grande potência, concentrando na fronteira ao longo dos rios Amudária e Panj forças significativas da Rússia, bem como de nossos aliados", indicou Kabulov em um programa do canal de televisão Rossiya 24.

    Mais:

    Forças especiais da Rússia neutralizam possível ataque do Daesh
    Belgas que foram lutar pelo Daesh estão voltando pra casa... e causando um dilema no país
    Tags:
    terrorismo, Daesh, Zamir Kabulov, Ásia Central, Afeganistão, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar