04:28 18 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Aiatolá Ali Khamenei.

    Daesh no Afeganistão é algo que interessa aos EUA e Israel, diz líder iraniano

    © Sputnik / Sergey Guneev
    Oriente Médio e África
    URL curta
    8161

    O aiatolá Ali Hosseini Khamenei acusou os Estados Unidos nesta terça-feira de enviarem os terroristas do Daesh ao Afeganistão para justificar a presença de tropas militares estadunidenses na região.

    O líder iraniano acrescentou que a Casa Branca procura usar tal artimanha para contribuir para a segurança de Israel.

    "As mesmas mãos que criaram o Daesh para cometer crimes contra o povo sírio e iraquiano estão agora empurrando os jihadistas para o Afeganistão, depois [dos terroristas] terem sido expulsos desses dois países", disse Khamenei, citado pela agência local Mehr.

    O líder persa também lembrou os recentes ataques terroristas que mataram mais de 100 afegãos nos últimos dias, e observou que eles correspondem à estratégia estabelecida pelos Estados Unidos.

    Khamenei frequentemente acusa Washington de agravar os problemas internos das nações do Oriente Médio para evitar que eles lutem contra a ameaça "arrogante" que representa o "sionismo", se dirigindo diretamente a Israel, nação que considera inimiga da República Islâmica.

    Mais:

    Irã liberta suposto espião dos EUA
    Arábia Saudita seguirá trabalhando para isolar o Irã, diz ministro em Davos
    'Posso ter virgens aqui também?': presidente filipino cria polêmica para ironizar o Daesh
    'EUA tentam minar processo de paz na Síria ao criar oposição armada com grupos pró-Daesh'
    Tags:
    violência, conflito, terrorismo, Casa Branca, Daesh, Aiatolá Ali Khamenei, Israel, Estados Unidos, Afeganistão, Irã
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik