03:13 22 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Soldados turcos perto da fronteira sírio-turca

    Erdogan: Turquia 'impedirá jogos' ao longo da fronteira com Síria

    © AFP 2019 / OZAN KOSE
    Oriente Médio e África
    URL curta
    Turquia lança ofensiva contra Afrin (65)
    2112
    Nos siga no

    Turquia "impedirá jogos" ao longo da fronteira começando com a cidade síria de Manjib, declarou o presidente turco, Recep Tayyip Erdogan.

    De acordo com o presidente, a Turquia não limitará sua operação militar por Afrin, mas "impedirá jogos" ao longo da sua fronteira, começando com a cidade síria de Manbij.

    "Tenho dúvidas quanto à humanidade daqueles que apoiam essa organização [YPG] e chamam a Turquia de invasora", destacou Erdogan durante seu discurso em Ancara.

    Além disso, o presidente turco apelou para as organizações internacionais não governamentais para prestarem apoio à operação turca Ramo de Oliveira efetuada contra as forças curdas na região síria de Afrin.

    As operações turcas começaram em meio às crescentes tensões entre Ancara e Washington, que recentemente iniciou a formação de uma força de segurança na fronteira síria, a ser constituída inclusive por combatentes das Forças Democráticas da Síria, ligadas às Unidades de Proteção do Povo Curdo (YPG), que Ancara considera um grupo terrorista.

    A Turquia expressou muitas vezes preocupações quanto ao apoio dos EUA aos militantes das YPG. Os Estados Unidos, por sua parte, prometem parar o fornecimento de armas aos curdos.

    Tema:
    Turquia lança ofensiva contra Afrin (65)

    Mais:

    Turquia alega ter eliminado 260 combatentes curdos em Afrin
    ONU vai ajudar sírios afetados por operações militares da Turquia
    EUA se dizem 'comprometidos' com a Turquia quanto a operação militar na Síria
    Comando curdo: Turquia mente sobre o avanço de suas tropas em Afrin
    Vice-premiê: Turquia não prometeu à Russia que limitaria ações de contraterrorismo a Afrin
    Tags:
    invasão, curdos sírios, combates, ofensiva, Operação Ramo de Oliveira, Unidades Populares de Proteção do Curdistão (YPG), Recep Tayyip Erdogan, Manbij, Afrin, Síria, Turquia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar