23:27 17 Fevereiro 2018
Ouvir Rádio
    Combatentes das Forças Democráticas da Síria (FDS)

    Forças Democráticas Sírias: já matamos dezenas de militares turcos e seus aliados

    © REUTERS/ Rodi Said
    Oriente Médio e África
    URL curta
    Turquia lança ofensiva contra Afrin (59)
    171

    De acordo com as Forças Democráticas Sírias (FDS), dezenas de militares turcos e seus aliados foram mortos desde o início da operação militar Ramo de Oliveira em Afrin.

    Depois que a Turquia anunciou no sábado (20) o início da operação militar em Afrin, as Forças Democráticas Sírias (FDS) expressaram a prontidão para "defender a nós mesmos e nosso povo".

    Reuters informa, citando palavras dos representantes das FDS, liderados pelos EUA, que desde o início da operação militar turca Ramo de Oliveira, já mataram dezenas de militares das Forças Armadas da Turquia e seus aliados do Exército Livre da Síria.

    Segundo destacou um oficial das FDS, o Exército turco está significativamente exagerando o número de mortes que sofreram as YPG (Unidades de Proteção Popular curdas) e FDS durante companha militar.

    Segundo os curdos, "apesar dos ataques aéreos do exército turco, as suas tropas não conseguiram avançar por terra e por isso recorrem à divulgação de notícias falsas para levantar a moral de seus mercenários".

    No dia 20 de janeiro, o Estado-Maior da Turquia anunciou o início da operação "Ramo de Oliveira" contra os combatentes curdos, na cidade síria de Afrin. No domingo (21), o governo turco iniciou a fase de ocupação de territórios sírios com apoio dos militantes do grupo Exército Livre da Síria, uma das principais facções da oposição ao governo de Bashar Assad.

    Damasco condenou resolutamente a agressão turca contra Afrin, que é parte integrante do território sírio.

    Tema:
    Turquia lança ofensiva contra Afrin (59)

    Mais:

    Erdogan assegura Putin: operação em Afrin respeita integridade territorial da Síria
    ONU: operação turca contra Afrin provoca morte de civis
    Primeira baixa: militar turco morre na fronteira da Síria durante operação em Afrin
    Comando curdo: Turquia mente sobre o avanço de suas tropas em Afrin
    Vice-premiê: Turquia não prometeu à Russia que limitaria ações de contraterrorismo a Afrin
    Opinião: com operação militar em Afrin, Ancara comete um erro imperdoável
    Tags:
    soldados mortos, curdos sírios, ofensiva terrestre, operação militar, Operação Ramo de Oliveira, Estado-Maior turco, Forças Democráticas Sírias (SDF), Unidades Populares de Proteção do Curdistão (YPG), Exército da Turquia, Exército Livre da Síria, Afrin, Turquia, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik