23:29 16 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Foto queimada do líder terrorista al-Baghdadi no protesto em Nova Delhi realizado em 9 junho de 2017

    Como um pequeno erro de al-Baghdadi quase causou a destruição do Daesh

    © AFP 2019/ Prakash SINGH
    Oriente Médio e África
    URL curta
    132
    Nos siga no

    Um pequeno erro quase "decapitou" a organização terrorista Daesh (autodenominado Estado Islâmico). Em novembro de 2016, o líder do grupo Abu Bakr al-Baghdadi emitiu uma ordem por rádio portátil, denunciando sua localização.

    "Ele falou por 45 segundos e logo depois seus guardas tiraram o rádio dele", disse um membro do Conselho de Segurança da Região do Curdistão que supervisionou a intercepção da comunicação, dizendo que os espiões ficaram espantados ao reconhecer a voz do 'califa' quando ele exortava os jihadistas sob seu comando a manter posição nas linhas de batalha.

    "[Os guardas] perceberam o que ele tinha feito", disse a fonte, de acordo com The Guardian. O deslize tornou possível triangular al-Baghdadi entre a cidade iraquiana de Mossul e a cidade de Tal Afar, mas o líder foi escondido a tempo do lugar por seu séquito.

    al-Baghdadi conseguiu escapar de forma semelhante em duas outras ocasiões, antes que a derrota total do Daesh no território sírio fosse anunciada no final do ano passado.

    Tags:
    Conselho de Segurança da Região do Curdistão, Estado Islâmico, Daesh, The Guardian, Abu Bakr al-Baghdadi, Iraque, Curdistão, Tal Afar, Mossul
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar