10:06 19 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    Soldados e bandeira da OTAN

    Sem data para sair: OTAN considera aumentar apoio às forças do Iraque, diz general

    © REUTERS / Ints Kalnins
    Oriente Médio e África
    URL curta
    904

    A OTAN está agora considerando opções para aumentar a assistência de treinamento e o desenvolvimento de capacidades para o Iraque, com base em requisitos específicos do lado iraquiano e da coalizão antiterrorista liderada pelos EUA, disse o presidente do Comitê Militar da OTAN, o general Petr Pavel.

    "A OTAN está agora considerando opções para aumentar essa assistência, e ela virá à mesa dos ministros da defesa no próximo mês", disse Pavel em uma conferência de imprensa, respondendo à questão relevante.

    "Estamos considerando a situação, as opções, e geralmente estamos prontos para fornecer mais assistência com base em requisitos específicos da coalizão e do governo iraquiano, e será focado em treinamento de assistência e desenvolvimento de capacidades", continuou.

    Com a derrota do grupo terrorista Daesh, a situação no Iraque está mudando, observou o militar.

    "Podemos dizer que fisicamente [o Daesh] foi derrotado, mas isso não significa que a ideologia foi derrotada e que o Iraque agora é um país seguro. Temos que continuar, e há entendimento geral de que o Iraque precisará de assistência", explicou Pavel.

    Também há interesse do lado iraquiano na assistência da coalizão e da OTAN, acrescentou.

    A OTAN realizou uma série de missões de treinamento no Iraque desde o início dos anos 2000 para aumentar o profissionalismo das forças iraquianas.

    A coalizão norte-americana de mais de 70 nações está realizando operações militares contra o Daesh na Síria e no Iraque. Os ataques da coalizão no Iraque são realizados em cooperação com as autoridades iraquianas.

    Em dezembro, o primeiro-ministro iraquiano Haider Abadi declarou o fim da luta do país contra o Daesh depois que as tropas iraquianas restabeleceram o controle total da fronteira com a Síria.

    Mais:

    Parlamentar turco à Sputnik: Plano dos EUA na Síria pode 'causar divisão na OTAN'
    O que está por trás de 'intercepções' dos aviões russos por parte da OTAN?
    Japão vai se tornar membro de centro de ciberdefesa da OTAN
    Tags:
    coalizão, treinamento militar, guerra, terrorismo, Daesh, OTAN, Haider Abadi, Petr Pavel, Estados Unidos, Bagdá, Iraque
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar