19:59 04 Junho 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    331
    Nos siga no

    A agência de notícias afegã Ariana News disse que o Ministro do Interior confirmou que um dos mísseis explodiu perto de uma estrada na região da embaixada do Canadá.

    Segundo informações preliminares, a explosão foi causada por um míssil. Ele teria atingido o chão próximo da área de Wazir Akbar Khan. Nenhuma vítima ou dano foi reportado até o momento.

    A informação foi confirmada pelo Ministério do Interior afegão, Nusrat Rahimi.

    Segundo usuários do Twitter, outra explosão foi ouvida, atingindo também a embaixada da Índia.

    Segundo esta conta na rede social, a embaixada indiana foi atingida e sofreu danos devido à explosão.

    Também pelo Twitter, a ministra das relações exteriores da Índia, Sushma Swaraj, afirmou que não houve nenhuma vítima ou feridos devido à explosão na embaixada de seu país no Afeganistão.

    A embaixada da Índia fica localizada na região central da cidade.


    A região é um bairro diplomático e outras diversas embaixadas estão nas proximidades, como a embaixada canadense.

    Essa não é a primeira vez que o bairro diplomático de Cabul é atacado. Em outubro de 2017, uma explosão matou 13 pessoas e feriu outras 14 na região.

    O Afeganistão tem sofrido por muito tempo devido a problemas políticos, sociais e de segurança causados pela atividade de diversos grupos terroristas, incluindo o Talibã.

    Mais:

    Soldado dos EUA teria disparado contra motorista de caminhão civil no Afeganistão (VÍDEO)
    Um militar dos EUA morre no Afeganistão e pelo menos 4 ficam feridos
    Atentado suicida no Afeganistão mata ao menos 40
    Rússia: terroristas do Daesh fogem da Síria para Líbia e Afeganistão
    Tags:
    terrorismo, Talibã, Sushma Swaraj, Índia, Afeganistão
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar