04:22 24 Novembro 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    112
    Nos siga no

    A Turquia está em vias de finalizar a construção de um muro ao longo de mais da metade de sua fronteira de 144 km com o Irã. A divisão, oficialmente destinada a prevenir a "imigração ilegal, o contrabando e infiltração de militante", será concluída na próxima primavera de acordo com a empreiteira turca TOKI.

    Além do muro fronteiriço iraniano, a TOKI também está a cargo da construção de um muro na fronteira sul do país com a Síria, onde militantes curdos e jihadistas sunitas atravessam  os territórios de ambas as nações sem controle.

    "Nós começamos este [muro com o Irã] no verão. Atualmente, 80 km dos 144 km estão completos, e se Deus e as condições sazonais do tempo permitirem, teremos terminado [o trabalho] até a próxima primavera," disse o presidente da TOKI, Ergun Turan, conforme citado pela agência de notícias Reuters.

    No ano passado, o presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, anunciou que o país seria murado ao longo das fronteiras iraquiana, iraniana e síria. Os turcos esperam que o muro entre a Turquia e o Irã proíba o contrabando ea infiltração militante do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK). O PKK é uma organização presente na Turquia e no Iraque, em conflito armado com o Estado turco desde 2015 na tentativa de alcançar um estado curdo independente.

    Autoridades nacionais também afirmam que, após a construção do muro ao longo da fronteira da Síria, o Daesh (autodenominado Estado Islâmico) e outros grupos militantes tentaram criar rotas de contrabando através do Irã para a Síria.

    Tags:
    TOKI, Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK), Daesh, Reuters, Estado Islâmico, Ergun Turan, Recep Tayyip Erdogan, Turquia, Irã, Iraque, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar