06:18 15 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Forças de Segurança do Egito no norte do Sinai

    Forças de segurança do Egito matam 8 extremistas na península do Sinai

    © AFP 2018 / STRINGER
    Oriente Médio e África
    URL curta
    0 30

    Os extremistas foram mortos em um tiroteio com a polícia, quando as forças de segurança atacaram um esconderijo de suspeitos na cidade de Arish, segundo afirmou o ministro. As forças egípcias também apreenderam armas e explosivos durante a operação.

    O Egito tem lutado contra uma insurgência jihadista na região norte do Sinai desde que o Exército local assumiu o poder depois da saída do então presidente Mohamed Mursi, em 2013. A polícia e as forças de segurança tem sido alvos frequentes de ataques letais realizados por Islamistas na região.

    Em 2014, os militantes do Sinai também juraram lealdade ao grupo terrorista Daesh. O grupo Wilayt Sinai, sucursal do Daesh, assumiu a responsabilidade por diversos ataques com mortos na região.  

    Mais:

    Rússia restaura conexões aéreas com Egito
    Voos entre Rússia e Egito serão retomados após dois anos de intervalo
    Múmia de 3.500 anos é encontrada em tumba descoberta em 1990 no Egito (FOTOS, VÍDEO)
    Tags:
    Daesh, Wilayt Sinai, Mohamed Morsi, Península do Sinai, Sinai, Egito
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik