20:53 20 Abril 2018
Ouvir Rádio
    Forças de segurança afegãs mantêm vigilância no Afeganistão

    Por que Daesh está aumentando sua presença no Afeganistão?

    © REUTERS / Stringer
    Oriente Médio e África
    URL curta
    2111

    O Daesh (organização terrorista proibida na Rússia) aumentou significativamente a sua presença no Afeganistão e hoje já tem mais de dez mil combatentes no país, disse o representante oficial do presidente da Rússia para o Afeganistão, Zamir Kabulov.

    "A Rússia foi um dos primeiros [países] que fez soar o alarme em relação ao aparecimento do Daesh no Afeganistão… Nos últimos tempos o Daesh tem aumentado significativamente a sua presença no país. De acordo com as nossas estimativas, o número de membros do grupo já supera os dez mil e continua crescendo, em particular, devido às novas chegadas de militantes que adquiriram experiência na Síria e Iraque", declarou Kabulov.

    Ele sublinhou que os destacamentos do Daesh estão se agrupando no norte do Afeganistão, nas províncias que fazem fronteira com as antigas republicas soviéticas do Tajiquistão e Turcomenistão.

    "O objetivo claro do Daesh é expandir sua influência para fora do Afeganistão, país que usam como base. Isso representa uma ameaça importante para a segurança da Ásia Central e do sul da Rússia", concluiu Kabulov.

    Anteriormente, Nikita Mendkovich, analista político do Conselho de Assuntos Internacionais da Rússia, declarou que décadas de instabilidade e forças de segurança enfraquecidas tornam o Afeganistão um dos mais prováveis novos destinos do Daesh após a derrota do grupo terrorista na Síria e no Iraque.

    Mais:

    Opinião: 'Bombardear campos de papoula para ópio no Afeganistão é péssima decisão dos EUA'
    Ataque de drone dos Estados Unidos mata 12 na fronteira entre Paquistão e Afeganistão
    Tags:
    terrorismo, Daesh, Zamir Kabulov, Afeganistão
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik