09:32 17 Fevereiro 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    4171
    Nos siga no

    O presidente sírio, Bashar Assad, afirmou que graças ao apoio do Ocidente, o terrorismo, liderado pela Frente al-Nusra (organização terrorista proibida na Rússia e em vários outros países), ainda existe em seu país.

    "É preciso entender que toda a atenção está concentrada em torno do Daesh [organização terrorista proibida na Rússia e em vários páises] para desviar a atenção de que o terrorismo ainda existe e é apoiado pelo Ocidente. Este terror é liderado pela Frente al-Nusra", assinalou ele.

    "Sendo assim, o terrorismo não é limitado ao Daesh, que é apenas uma parte dele. Enquanto houver organizações terroristas como Daesh, Frente al-Nusra e outras com nomes diferentes, significa que ainda estamos em guerra. A guerra na Síria será concluída quando o último terrorista no país for eliminado independentemente da organização a que ele pertence. Somente assim será possível falar sobre vitória real", declarou Assad para jornalistas. 

    Por sua vez, o presidente da Rússia, Vladimir Putin, afirmou durante visita à Síria que, caso os terroristas venham a levantar sua cabeça de novo, enfrentarão "ataques nunca antes vistos".

    Mais:

    Parlamentar russo: 'EUA estão treinando combatentes na Síria contra a Rússia'
    Pilotos russos confessam como foi escoltar avião do presidente russo à Síria
    Opinião: guerra na Síria vai continuar enquanto ocupação dos EUA se mantiver
    Tags:
    terrorismo, Daesh, Frente al-Nusra, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar