17:53 19 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Soldados das Forças de Defesa de Israel durante treinamento de busca e resgate no sul do país (foto de arquivo)

    Autoridades israelenses são presas por envolvimento em esquema multimilionário

    © flickr.com/ Israel Defense Forces
    Oriente Médio e África
    URL curta
    470

    Vários membros das Forças de Defesa de Israel (IDF), autoridades do Ministério da Defesa e funcionários de empresas de tecnologias foram detidos nesta terça-feira por envolvimento em um esquema ilegal que chegou a movimentar cerca de 28 milhões de dólares, segundo informou o Times of Israel.

    O esquema, de acordo com o jornal, consistiu em cobrar da Defesa israelense valores exorbitantes por projetos de telecomunicações que nunca foram realizados ou que foram realizados parcialmente. Duas empresas do setor, a Giltech e a Uricom, foram listadas como companhias envolvidas no esquema. A identidade das autoridades envolvidas não foi divulgada. 

    As prisões, segundo a mídia israelense, foram resultado de um amplo trabalho de investigação da polícia militar. 

    O escândalo ocorre na sequência de outro crime envolvendo a IDF. Em outubro, seis pessoas que trabalhavam para um contratante com o objetivo de manter bases das Forças de Defesa de Israel foram detidas por receber dinheiro do governo em troca de tarefas que não foram cumpridas. 

    Mais:

    Delegado da PF nega que corrupção tenha aumentado no Brasil: ela está mais visível
    Venezuela: ex-chefes de petróleo são presos por corrupção
    Príncipe saudita confessa corrupção, paga US$ 1 bilhão e deixa prisão
    Presidente da Turquia promete renunciar se a oposição provar as acusações de corrupção
    Tags:
    esquema, desvio, corrupção, Uricom, Giltech, IDF, Israel
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik