00:59 26 Maio 2019
Ouvir Rádio
    Parada do Hezbollah durante uma cerimônia de homenagem a militantes mortos, no Líbano, em 18 de fevereiro de 2017.

    Nova guerra à vista? Líder do Hezbollah pede foco contra Israel e fim do processo de paz

    © AP Photo / Mohammed Zaatari
    Oriente Médio e África
    URL curta
    A aventura da capital de Israel (89)
    192316

    O líder do grupo xiita libanês Hezbollah, Sayyed Hassan Nasrallah, disse nesta segunda-feira que o grupo e seus aliados na região renovariam seu foco na causa palestina após o que ele chamou de vitórias em outros lugares da região.

    Nasrallah pediu aos aliados do Hezbollah que criem uma estratégia unida "no campo" para enfrentar Israel. O grupo apoiado pelo Irã tem lutado contra o Daesh na Síria ao lado de aliados regionais e o grupo terrorista foi em grande parte derrotado.

    Nasrallah falou por meio de um link de vídeo para um grande protesto em Beirute sobre a decisão dos Estados Unidos de reconhecer Jerusalém como a capital de Israel e mover sua embaixada para lá.

    Ele repetiu um apelo que ele fez na semana passada para um novo levante palestino contra Israel e pediu aos Estados árabes que abandonem o processo de paz, descrevendo as negociações com os Estados Unidos como inúteis.

    "Hoje, o eixo de resistência, incluindo o Hezbollah, retornará como sua prioridade mais importante […] Jerusalém e Palestina e o povo palestino e a resistência palestina em todas as suas facções", afirmou.

    Tema:
    A aventura da capital de Israel (89)

    Mais:

    Israel promete que líder do Hezbollah será 'alvo de assassinato' em 'próxima guerra'
    Premiê do Líbano manda recado duro ao Hezbollah e, nas entrelinhas, ao Irã
    Riad e aliados voltam a acusar Irã e Hezbollah de interferência em outros países
    Tags:
    violência, guerra, terrorismo, Daesh, Hezbollah, Sayyed Hassan Nasrallah, Estados Unidos, Palestina, Jerusalém, Israel, Líbano
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar