15:31 22 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Caças russos Su-25 decolando da base aérea em Hmeymim, Síria (foto de arquivo)

    Putin ordena retirada de tropas russas da Síria

    © Sputnik / Dmitry Vinogradov
    Oriente Médio e África
    URL curta
    Aviação russa deixa a Síria (8)
    19434

    O presidente russo, Vladimir Putin, que, na segunda-feira (11), desembarcou na base aérea russa em Hmeymim, na Síria, ordenou o início de retirada das tropas russas da Síria.

    No discurso perante os militares, Putin disse: "Ordeno ao ministro da Defesa, chefe do Estado-Maior General, que comece a retirada das tropas russas para seus pontos de posicionamento permanente."

    Segundo Vladimir Putin, os militares russos estão regressando à Pátria vitoriosamente. O presidente acrescentou que se os terroristas "voltarem a levantar a cabeça, atacaremos de uma forma nunca antes vista por eles".

    Ele salientou que Moscou nunca se esquecerá das vítimas da luta contra o terrorismo na Síria e na Rússia.

    De acordo com o presidente, os militares russos cumpriram sua tarefa brilhantemente, mostraram coragem, heroísmo e determinação e regressam aos seus familiares com vitória. "A Pátria está à espera de vocês, meus amigos. Boa viagem. Agradeço pelo seu serviço", disse o líder russo.

    Em Hmeymim, Putin foi recebido pelo presidente sírio Bashar Assad, pelo ministro da Defesa da Rússia, Sergei Shoigu e pelo comandante das tropas russas na Síria, Sergei Surovikin.

    Em março de 2016, o presidente russo decidiu retirar grande parte das tropas da Força Aeroespacial da Rússia após cumprimento de todas as missões.

    ​Vale destacar que Rússia cumpriu também suas promessas de fornecimento de armamentos e equipamentos militares ao governo sírio, bem como de treinar militares do país em crise. A base aérea em Hmeymim e o ponto de manutenção técnica e material da Marinha russa em Tartus continuarão funcionando. Além disso, a Síria conta com o Centro de reconciliação russo em seu território.

    A Rússia deu início à missão antiterrorista na Síria em setembro de 2015.

    Tema:
    Aviação russa deixa a Síria (8)

    Mais:

    Pentágono receia que 'precise abater' caças russos na Síria
    'Derrota dos terroristas na Síria é mérito da direção síria e das forças governamentais'
    Pentágono nega que EUA estejam impedindo luta russa contra jihadistas
    Tags:
    campanha militar, retirada, tropas, base aérea, Força Aeroespacial da Rússia, Sergei Shoigu, Vladimir Putin
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik