02:14 11 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Caça F-35 da Força Aérea dos Estados Unidos, foto de arquivo

    Escalada? Caças F-35 comprados por Israel estão prontos para o combate

    © AP Photo/ Rick Bowmer
    Oriente Médio e África
    URL curta
    12108

    A Força Aérea israelense informou que seus aviões de combate F-35 estão prontos para o combate após testes intensivos, declarou a gigante norte-americana de Defesa, a Lockheed Martin, em um comunicado nesta quarta-feira.

    "A Força Aérea de Israel [IAF] declarou sua frota F-35 se tornou operacionalmente capaz em 6 de dezembro de 2017", disse o comunicado.

    Israel é a primeira nação fora dos Estados Unidos a declarar a capacidade operacional inicial do caça, acrescentou a nota divulgada pela empresa.

    Em outubro de 2010, de acordo com o comunicado, Israel passou por um processo de vendas militares estrangeiras (FMS) promovido pelos EUA e tornou-se o primeiro país a selecionar a variante de descolagem e desembarque convencional F-35A (CTOL).

    O anúncio veio no mesmo dia em que o presidente dos EUA, Donald Trump, anunciou que levará a embaixada do país em solo israelense de Tel Aviv para Jerusalém, em um movimento bastante criticado pela comunidade internacional.

    Entre as variáveis, há o temor de que ocorra uma escalada da violência na região, que hoje vive não só a guerra civil na Síria, mas o conflito entre sauditas e os houthis do Iêmen, e a troca de farpas entre os Irã e vários outros países do Golfo, além de crises no Líbano e no Qatar.

    Mais:

    Netanyahu pede que todos os países reconheçam Jerusalém como capital de Israel
    Trump reconhece Jerusalém como capital de Israel
    Israel considera Hezbollah ameaça incomparavelmente maior do que Daesh
    Tags:
    segurança, defesa, caça, F-35, Lockheed Martin, Estados Unidos, Oriente Médio, Israel
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik