21:48 27 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    4150
    Nos siga no

    O lendário canhão antitanque soviético BS-3 foi filmado em plena ação nas unidades de artilharia do exército sírio que combatem o Daesh (organização terrorista proibida na Rússia).

    Os disparos foram supostamente registrados nos arredores da cidade de Al-Bukamal, na província de Deir ez-Zor, perto da fronteira com o Iraque. Nesta zona, os voluntários do Corpo da Guarda Revolucionária Islâmica do Irã tentam destruir o que resta do grupo terrorista Daesh.

    O BS-3 é um canhão de 100 mm de produção soviética, foi posto em serviço em 1944. Participou com êxito dos últimos combates da Segunda Guerra Mundial e esteve no serviço do Exército Vermelho até à década de 1950. Foi desenvolvido para atravessar a blindagem dos tanques pesados nazistas, Tiger (Tigre) e Panther (Pantera). Foi por isso que, entre os militares soviéticos, ele foi batizado "matador de feras".

    Sete décadas depois, a arma criada pelo desenhador de armas soviético Vasily Grabin continua participando de batalhas. Desta vez contra a praga do século XXI: o terrorismo internacional.

    Mais:

    Teriam curdos destruído tanque estadunidense com míssil chinês dos anos 70?
    Deputado ucraniano promete ir até a Moscou de tanque (VÍDEO)
    Tags:
    defesa, canhão, terrorismo, Daesh, União Soviética, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar