12:52 17 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    067
    Nos siga no

    O ministro de Energia e Recursos Hídricos de Israel, Yuval Steinitz, reconheceu a existência de laços secretos entre o governo do país e vários países árabes e islâmicos, incluindo a Arábia Saudita.

    As autoridades israelenses veem a Arábia Saudita, segundo Steinitz, como ator central no bloco de nações moderadas do Oriente Médio, capaz de deter o crescimento do islamismo radical e da influência do Irã na região. Tel Aviv tem buscado progressivamente, ainda de acordo com o ministro, uma aproximação com Riad, na base de interesses e ameaças em comum, apesar do fato de os dois Estados não manterem relações diplomáticas formais.

    "Contatos com o mundo árabe moderado, incluindo a Arábia Saudita, nos ajudam a deter o Irã. Nós temos laços, que são parcialmente secretos, com muitos Estados muçulmanos e árabes. Como regra, o lado opositor tem interesse em manter esses laços secretos", disse ele em entrevista à rádio Galei Tzahal, publicada neste domingo. 

    Mais:

    'Selfie da paz' entre misses Iraque e Israel causa polêmica em redes sociais
    Israel lança disparo de advertência contra posto da fronteira da Síria
    Inteligência de Israel tenta minar programa nuclear do Irã?
    Tags:
    Israel, Arábia Saudita, Irã, Oriente Médio, Riad, Yuval Steinitz, Galei Tzahal
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar