21:29 17 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Tanque do exército turco enviado para a Síria

    Apesar dos protestos de Damasco, Turquia continua a deslocar material bélico para Idlib

    © Sputnik/ HIKMET DURGUN
    Oriente Médio e África
    URL curta
    536

    A Turquia continua deslocando material bélico para o noroeste da Síria para criar postos de observação na zona de desescalada em Idlib, informou no domingo (17) a agência Anadolu.

    O material bélico está sendo concentrado a partir de diferentes regiões da Turquia para a zona fronteiriça com a Síria. As unidades das Forças Armadas da Turquia são posicionadas na fronteira da província síria de Idlib e da região de Afrin, que está sob controle do Partido da União Democrática (PYD), considerado por Ancara como terrorista e ligado ao Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK), proibida na Turquia.

    O Estado-Maior das Forças Armadas da Turquia informou que a transferência de tropas irá continuar.

    Anteriormente, o presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, anunciou mais uma vez a possibilidade de uma operação militar em Afrin contra o PYD que, segundo ele, ameaça a segurança do país.

    Mais cedo, o Estado-Maior das Forças Armadas da Turquia afirmou que os militares turcos começaram a instalar postos de observação no âmbito dos acordos de Astana sobre as zonas de desescalada. Segundo o presidente turco, o objetivo da operação é defender os civis. Damasco, por sua vez, exige a retirada imediata das tropas turcas da província.

    Tags:
    Recep Tayyip Erdogan, Turquia, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik