13:53 29 Março 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    7123
    Nos siga no

    A Rússia bloqueou o projeto da resolução dos EUA sobre a prorrogação do mandato da missão conjunta da ONU com a Organização para a Proibição de Armas Químicas (OPAQ), que investiga os casos de uso armamento proibido na Síria.

    Durante a reunião do Conselho de Segurança das Nações Unidas, o representante permanente da Rússia na organização, Vasily Nebenzya, declarou que a Rússia se retira o seu projeto da resolução sobre a prorrogação do mandato da missão.

    O presidente dos EUA, Donald Trump, vem fazendo campanha para a prorrogação do mandato da missão conjunta da ONU e OPAQ, tendo inclusive discursado para membros do CS da ONU, solicitando apoio e votos.

    Existem dois projetos de resolução sobre a renovação do mandato. Um apresentado pela Rússia e outro pelos Estados Unidos. Ambos sugerem a renovação, mas em termos diferentes.

    Em 26 de outubro, os investigadores apresentaram ao Conselho de Segurança da ONU um relatório confidencial sobre o ataque com uso de gás sarin na província síria de Idlib, durante o qual mais de 80 pessoas foram mortas. O relatório culpa o governo sírio.

    Mais:

    EUA e Rússia discutem prolongamento de investigação do uso de armas químicas na Síria
    Moscou: Rússia se manifesta categoricamente contra uso de armas químicas
    EUA acusam Rússia de atrapalhar investigação sobre uso de armas químicas na Síria
    Frente al-Nusra possui armas químicas na província síria de Idlib, diz agência
    Especialista comenta declaração dos EUA sobre armas químicas: verdade está saindo à luz
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar