15:27 21 Novembro 2017
Ouvir Rádio
    Militares cerca de Harare, capital de Zimbabue

    Presidente do Zimbábue é capturado por militares do país

    © REUTERS/ Philimon Bulawayo
    Oriente Médio e África
    URL curta
    'Transição sem sangue' no Zimbábue (13)
    184028164

    Os militares zimbabuanos detiveram o presidente do país, Robert Mugabe, bem como o ministro das Finanças, Ignatious Chombo, líderes do partido governamental.

    Segundo fontes, o presidente vai abandonar o cargo e conseguiu chegar a um acordo com os militares para que sua esposa saia do país.

    Anteriormente, foi informado que uma coluna de veículos blindados teria partido para a capital do país, Harare. Também houve relatos não confirmados sobre militares do país terem ocupado a emissora estatal e realizado explosões na capital.

    O exército zimbabuano declarou que suas ações não podem ser qualificadas como "uma tomada militar do governo" e que os militares têm como objetivo responsabilizar os "сriminosos".

    No início de novembro, o presidente do Zimbábue, Robert Mugabe, de 93 anos, afastou do cargo da vice-presidência do país e possível sucessor, Emmerson Mnangagwa, que contava com o apoio do exército.

    Em 13 de novembro, o comandante das Forças Armadas do Zimbábue, Constantine Chiwenga, apelou ao presidente para acabar com os "expurgos" no partido governante, do qual foi expulso pouco antes.

    Tema:
    'Transição sem sangue' no Zimbábue (13)

    Mais:

    Presidente do Zimbábue inaugura estátua de si mesmo e vira piada nas redes sociais (FOTO)
    Rússia e Zimbábue começarão a construir complexo de produção de platina
    Tags:
    rebelião, militares, Robert Mugabe, Zimbábue
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik