04:46 23 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Mulheres leais ao movimento houthi em Sanaa, Iêmen

    Coalizão árabe acusa Irã de armar houthis no Iêmen

    © REUTERS / Khaled Abdullah
    Oriente Médio e África
    URL curta
    Crise no Iêmen: rebeldes houthis matam antigo aliado e ex-presidente Ali Abdullah Saleh (23)
    623
    Nos siga no

    O rebeldes do movimento Ansar Allah (houthis), no Iêmen, receberam armamentos contrabandeados do Irã, inclusive mísseis balísticos e drones, informou o representante oficial da coalizão árabe, Turki al-Maliki.

    Neste sábado as forças de defesa aérea da Arábia Saudita interceptaram um míssil balístico ao nordeste de Riad. Segundo a imprensa, o projétil foi lançado por rebeldes houthis, do território do Iêmen.

    Neste domingo, Donald Trump, disse que o incidente foi um ataque contra Arábia Saudita planejado pelo Irã. Teerã negou as acusações.

    "O Irã abasteceu os rebeldes com todos os tipos de armamento, inclusive com drones. Os mísseis balísticos que conseguem atingir o reino e estruturas civis foram feitos no Irã. Os especialistas iranianos transmitiram aos rebeldes a tecnologia de lançamento de mísseis", citou as palavras de al-Maliki o Twitter do ministério das Relações Exteriores da Arábia Saudita.

    Além disso, segundo as palavras do representante da coalizão, os houthis plantaram mais de 50 mil minas nas áreas de fronteira com a Arábia Saudita.

    Tema:
    Crise no Iêmen: rebeldes houthis matam antigo aliado e ex-presidente Ali Abdullah Saleh (23)

    Mais:

    Arábia Saudita intercepta míssil balístico nos arredores de Riad
    Tags:
    Ansar Allah, Irã, Iêmen, Arábia Saudita
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar