06:19 21 Maio 2018
Ouvir Rádio
    Edifícios destruidos em Deir ez-Zor

    Guerra de narrativas: Ocidente relata êxodo, Rússia nega

    © REUTERS / Khalil Ashawi
    Oriente Médio e África
    URL curta
    160

    A coalizão internacional, liderada pelos EUA, divulgou informações de que os sírios estariam fugindo para o norte da cidade de Deir ez-Zor, na Síria. O os militares russos revelaram à Sputnik que a coalizão não possui informações atualizadas sobre os acontecimentos na região.

    "As pessoas estão fugindo pelo norte de Deir ez-Zor do regime e das operações com apoio russo. Há relatos de que 200 pessoas por dia estiveram fugindo para o campo Rukban IDP", informou o escritório da coalizão nesta sexta-feira.

    A confusão sobre a saída dos sírios da cidade recentemente recapturada foi desencadeada pelo major-general James Jarrard, comandante da Operação da Força-Tarefa Conjunta da Operação Inherent Resolve [coalizão internacional], que alertou sobre milhares de árabes fugindo para Mayadin, no sul do país, para áreas sob controle da oposição síria.

    O porta-voz do Ministério da Defesa da Rússia, o major-general Igor Konashenkov, argumentou na quinta-feira que esta afirmação foi "geograficamente absurda", porque os territórios controlados pelas forças rebeldes da Síria estariam localizadas ao norte de Deir ez-Zor. Ele acrescentou que ninguém fugiria para Raqqa, uma antiga fortaleza islâmica, depois que esta foi destruída por ataques aéreos da coalizão.

    Mais:

    Bombardeiros estratégicos russos lançam ataques contra Daesh em Deir ez-Zor
    Exército sírio liberta a ilha de Saqr em Deir ez-Zor (VÍDEO)
    Submarino russo lança ataque com mísseis de cruzeiro contra Daesh em Deir ez-Zor
    'Dragão russo' chega a Deir ez-Zor (FOTOS)
    Depois de um ano sem funcionar, aeródromo em Deir ez-Zor abre suas portas
    Tags:
    Deir al-Zor, Síria, EUA, Rússia, Turquia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik