04:27 20 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Soldados do exército sírio em seus caminhões militares gritando lemas em apoio ao presidente sírio Bashar Assad, entrando em uma aldeia perto da cidade de Jisr al-Shughour, ao norte de Damasco, Síria (Arquivo)

    Protegida por 'miragem': conheça a extraordinária escavadora do exército sírio (FOTOS)

    © AP Photo /
    Oriente Médio e África
    URL curta
    7370
    Nos siga no

    No sul da província síria de Deir ez-Zor, foi vista a escavadora mais estranha do mundo. Este veículo era dirigido por engenheiros das tropas governamentais sírias que iam em direção à fronteira com o Iraque.

    Roman Katkov, correspondente da agência russa Vestnik Mordovii, sublinha que o mais interessante é seu "chapéu", ou seja, o sistema de defesa antimíssil. Trata-se do sistema de contra-ataque óptico-eletrônico Sarab (miragem em árabe), instalado no teto da cabina blindada da escavadora.

    Este dispositivo, conhecido entre especialistas como a "casa dos pássaros", serve para interromper a orientação dos mísseis antitanque, como o TOW-2, de produção norte-americana.

    Tal sistema está instalado principalmente em vários equipamentos militares das forças governamentais sírias: tanques, veículos de combate de infantaria e canhões antiaéreos Shilka. Nunca antes um Sarab foi instalado em um veículo de engenharia, informa o correspondente.

    Segundo ele, aqueles que seguem o que está acontecendo na Síria não deveriam se surpreender com esta modernização. É que muitas vezes os militantes não poupam mísseis antitanque guiados, inclusive o míssil antitanque TOW, na hora de combater as escavadoras blindadas. Por isso, não é de surpreender que estas medidas tenham sido tomadas para proteger a tripulação.

    Os sistemas Sarab não foram criados pelos russos nem pelos iranianos, mas pelos próprios sírios, aparecendo pela primeira vez em 2015.

    Ao contrário de outros sistemas de contramedidas óptico-eletrônicos, o Sarab não afeta o sistema de orientação de mísseis, mas "encandeia" diretamente o operador inimigo com uma sequência de pulsos de luz potentes. Funciona com duas baterias de automóvel durante 12 horas. Já existem três protótipos de Sarab, segundo o blogueiro russo Andrei-bt.

    Mais:

    NI: Rússia mostra ao mundo potência de tanques de mísseis mortíferos TOS-1A
    'Monstro de aço': é assim que está o T-72 após modernização
    Tags:
    inovação, sistema antimísseis, veículos blindados, TOW, Exército da Síria, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar