14:02 19 Julho 2018
Ouvir Rádio
    Milicianos curdos do YPG correm nas ruas de Raqqa

    EUA afirmam que cerca de 6 mil terroristas foram eliminados em Raqqa, na Síria

    © REUTERS / Goran Tomasevic
    Oriente Médio e África
    URL curta
    1231

    Cerca de 6 mil terroristas foram eliminados em Raqqa, na Síria, durante a libertação da cidade do controle do Daesh, informou o representante do presidente dos EUA na coalizão internacional, Brett McGurk.

    "Daesh perdeu cerca de 6 mil terroristas em Raqqa. Muitos se renderam. Um dia ferozes, agora [os terrorista] estão patéticos e sua causa foi perdida", escreveu McGurk em sua conta no Twitter, na qual também publicou uma fotografia de um grupo de combatentes capturados.

    ​Nesta terça-feira, a coalizão informou que 90% da cidade de Raqqa já foi liberada do Daesh e que cerca de 100 terroristas permanecem em alguns bairros da antiga "capital" do grupo na Síria.

    Ao mesmo tempo, as Forças Democráticas da Síria (FDS), que realizaram a operação de libertação de Raqqa com apoio da coalizão internacional, declararam o fim dos combates e a derrota dos terroristas.

    Segundo McGurk, a coalizão já preparou ajuda humanitária para a população da cidade e está pronta para ajudar as forças locais a desarmar os explosivos deixados pelo Daesh.

    Mais:

    Confrontos com Daesh continuam no estádio de Raqqa
    Forças Democráticas da Síria dominam localidade valiosa em Raqqa – maior bastião do Daesh
    Residente de Raqqa: 'O Daesh matou meu pai no centro da cidade e filmou'
    Forças Democráticas da Síria começam fase decisiva da operação de assalto a Raqqa
    Coalizão internacional liderada pelos EUA permite que Daesh fuja de Raqqa
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik