07:21 16 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Militar iraquiano em Kirkuk (foto de arquivo)

    Mais violência pode ocorrer entre curdos e iraquianos, alerta Rússia

    © REUTERS / Ako Rasheed
    Oriente Médio e África
    URL curta
    440
    Nos siga no

    O Ministério de Relações Exteriores da Rússia disse nesta terça-feira que não descarta novos choques militares no norte do Iraque, depois que as autoridades iraquianas recuperaram o controle sobre Kirkuk.

    "Há o agravamento da situação militar e política no norte [do Iraque] em 16/10, já que as autoridades recuperaram o controle da cidade de Kirkuk. É possível que os combates continuem", escreveu o Centro de Situação e Crises do Ministério de Relações Exteriores da Rússia no Twitter.

    Em 16 de outubro, as forças de segurança iraquianas, sem enfrentar nenhuma resistência da milícia curda Peshmerga, recuperaram o controle sobre a cidade de Kirkuk, que foi administrada diretamente pela administração autônoma curda nos últimos três anos. Um toque de recolher foi introduzido na cidade.

    O conflito entre Bagdá e o Curdistão iraquiano em relação ao controle da província de Kirkuk piorou após o referendo sobre a independência, que foi realizado pelos curdos sem o consentimento das autoridades iraquianas em 25 de setembro.


    Mais:

    Estados Unidos ao Iraque e Curdistão: 'Parem de provocações'
    Turquia quer ajudar Iraque a combater curdos em Kirkuk
    Opinião: EUA 'apostam' no Iraque, já que falharam na Síria
    Tags:
    diplomacia, região separatista, separatismo, guerra, referendo, Rússia, Kirkuk, Curdistão, Iraque
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar