16:59 25 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    Somalis gather and search for survivors by destroyed buildings at the scene of a blast in the capital Mogadishu, Somalia, Saturday, Oct. 14, 2017

    Voluntários da Cruz Vermelha são mortos em grande explosão da Somália

    © AP Photo / Farah Abdi Warsameh
    Oriente Médio e África
    URL curta
    520

    Um total de cinco voluntários do Crescente Vermelho foram mortos na recente explosão mortal na capital da Somália, informou a Federação Internacional das Sociedades da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho em uma declaração do domingo.

    "A Federação Internacional das Sociedades da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho (IFRC) e a Sociedade do Crescente Vermelho da Somália estão de luto pela morte de cinco voluntários do Crescente Vermelho, mortos em uma grande explosão em Mogadíscio", afirmou o comunicado.

    De acordo com o comunicado, vários outros voluntários e funcionários da Sociedade do Crescente Vermelho do país ficaram feridos e atualmente estão em hospitais.

    ​No sábado, uma explosão ocorreu em uma das ruas lotadas de Mogadiscio depois que uma bomba de caminhão teria detonado na frente do Safari Hotel. Logo depois, a mídia local informou, citando policiais, sobre a segunda explosão na mesma área. De acordo com os números mais recentes divulgados pela mídia, mais de 230 pessoas foram mortas e mais de 300 pessoas ficaram feridas.

    A Somália tem sofrido violência desde que o país iniciou uma guerra civil no início da década de 1990. Os numerosos grupos militantes, incluindo o al-Shabaab, que está ligado ao grupo terrorista da al-Qaeda, têm levado ataques mortais contra alvos militares e civis no estado africano.

    Tags:
    IFRC, Al-Qaeda, Al-Shabaab, Sociedades da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho, Mogadiscio, Somália
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar