07:28 21 Maio 2019
Ouvir Rádio
    Militante da Frente al-Nusra com a bandeira do grupo na província de Idlib, Síria

    Rússia: cerca de 20 mil terroristas permanecem em Idlib, na Síria

    © AP Photo / Al-Nusra Front Twitter page
    Oriente Médio e África
    URL curta
    4100

    O diretor do Serviço Federal de Segurança da Rússia (FSB), Aleksandr Bortnikov, declarou que cerca de 20 mil terroristas se encontram em Idlib, na Síria.

    "Em termos de quantidade de pessoas localizadas em Idlib, nessa caldeira, são cerca de 20 mil bandidos. Essa cifra já tinha sido anunciada", disse chefe da inteligência russa.

    Segundo o diretor da FSB, no entanto, "é dificil afirmar nominalmente quem está lá".

    "Porque as pessoas transitam pelo território da Síria, vindas de diversas regiões. Além disso, infelizmente eles estão lá com as famílias. Por isso, por um lado, não devemos permitir ações muito resolutas. Por outro, está sendo realizado um trabalho de caráter preventivo pqra retirada das famílias, mulheres e crianças", explicou Bortnikov.

    Mais cedo, foi divulgado que a Força de Defesa Aeroespacial da Rússia liquidou 49 terroristas, entre os quais estariam sete líderes do grupo Frente al-Nusra.

    O ministério da Defesa da Rússia também confirmou que comandantes do setor oriental da Frente al-Nusra estariam se reunindo na província de Idlib.

    Mais:

    Erdogan declara que Turquia enviará suas tropas para Idlib, na Síria
    Ministério da Defesa da Rússia desmente morte de 150 civis em Idlib devido a seus ataques
    4ª zona de desescalada em processo: Turquia instalará tropas na província síria de Idlib
    Rússia: EUA provocaram combates em Idlib para impedir o avanço sírio em Deir ez-Zor
    Ministro russo fala sobre a criação de zona de desescalada em Idlib
    Tags:
    terrorismo, Frente al-Nusra, Serviço Federal de Segurança (FSB), Aleksandr Bortnikov, Idlib, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar