04:52 02 Abril 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    10234
    Nos siga no

    O presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, declarou que os militares turcos serão instalados na cidade síria de Idlib no âmbito dos acordos de solução pacífica do conflito na Síria.

    Erdogan sublinhou que os militares da Turquia serão deslocados em Idlib, enquanto as tropas russas ficarão fora da cidade.

    "Vamos demarcar as regiões para determinar quem e onde vai deslocar observadores. Os nossos militares ficarão dentro de Idlib, as Forças Armadas russas ficarão fora dela”, disse Erdogan aos jornalistas turcos depois da sua visita oficial ao Irã, citado pelo canal de televisão NTV.

    A medida faz parte do acordo de desescalada firmado com a Rússia, que visa diminuir o nível de tensões no país árabe. Idlib deve tornar-se a quarta zona de desescalada. Até agora, apenas três zonas estão funcionando: a norte da cidade de Homs, em um subúrbio de Damasco – na área de Ghouta Oriental, e também na fronteira sírio-jordaniana, na província de Daraa. 

    Mais:

    Síria diz que relatório da OPAQ sobre ataque químico em Idlib é falso
    Mídia: explosão na cidade síria de Idlib faz mortos e feridos
    'Resistência à investigação imparcial do suposto ataque químico em Idlib só vai aumentar'
    Tags:
    conflito, tropas, Recep Tayyip Erdogan, Rússia, Síria, Turquia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar