10:54 07 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Dia-a-dia na Base Aérea da Rússia na Síria

    Força Aeroespacial russa elimina 49 terroristas da Frente al-Nusra na Síria

    © Foto / Ministério da Defesa da Rùssia
    Oriente Médio e África
    URL curta
    12120
    Nos siga no

    Pilotos russos efetuaram uma missão de assalto contra o grupo terrorista Frente al-Nusra (proibida na Rússia), liquidando vários chefes e 49 combatentes, informa o Ministério russo da Defesa.

    O líder da Frente al-Nusra, Abu Mohammad al-Julani, ficou em coma após o recente ataque realizado pela Força Aeroespacial russa na Síria, comunicou na quinta (05) o porta-voz do contingente militar russo, Igor Konashenkov.

    "A destruição do grupo de combatentes da Frente al-Nusra pela Força Aeroespacial russa e o coma[…]do líder Abu Mohammad al-Julani provocaram confusão entre os terroristas na província de Idlib", sublinhou Konashenkov.

    O ministério russo informou na quarta (04) que, em resultado de um ataque da aviação russa, al-Julani foi gravemente ferido e perdeu um braço.

    A Força Aeroespacial russa destruiu o maior armazém de munições da Frente al-Nusra na província síria de Idlib, onde os terroristas guardavam mais de 1 mil toneladas de armas.

    Nos últimos dois anos, o exército sírio, com o apoio da Força Aeroespacial da Rússia, conseguiu libertar uma grande parte do país. De acordo com as avaliações recentes do Ministério da Defesa russo, a Força Aeroespacial da Rússia destruiu quase uma centena de milhar de alvos terroristas desde o início da operação.

    Mais:

    Presidente russo enumera objetivos 'mais urgentes' quanto à Síria
    3 maiores êxitos da Rússia que mudaram completamente situação militar na Síria
    Tags:
    pilotos, eliminação, caças, golpe, terroristas, ataque, Força Aeroespacial da Rússia, Frente al-Nusra, Ministério da Defesa, Idlib, Síria, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar