19:35 18 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Mulher ao dirigir o carro na Arábia Saudita

    Primeira banqueira da Arábia Saudita: segredo do sucesso em um mundo masculino

    © AP Photo / Hasan Jamali
    Oriente Médio e África
    URL curta
    1 0 0

    A empresária saudita, fundadora e diretora-executiva do banco de investimentos Gulf One, Nahed Taher, contou para a Sputnik sobre os princípios do funcionamento de seu banco, baseados na igualdade, sobre a mudança da imagem da mulher saudita no governo atual e sobre a nova geração.

    "Parece-me que a coisa mais importante na esfera de negócio é trabalho e criatividade. Acho o mesmo no que diz respeito à relação para com as mulheres: em primeiro lugar, devem ser ativas e criativas, e não somente 'damas'. Novas oportunidades devem ser oferecidas para mulheres. Por exemplo, para elas devem ser abertas atividades nas áreas de tecnologia e computadores, e não somente nas ciências humanitárias."

    A empresária falou sobre a sua relação à igualdade com os homens: "quando o nosso banco estava sendo aberto, muitos esperavam que empregássemos somente mulheres, mas isso não aconteceu. Igualdade sempre foi nossa prioridade, entre homens e mulheres. Quem for mais qualificado, deve receber o trabalho; o sexo da pessoa não é um obstáculo".

    "Desde os tempos do rei anterior Abdullah, as mulheres já não correspondem aos estereótipos tradicionais. O reino dá grandes passos na direção do apoio às mulheres", reconheceu Nahed Taher.

    Ela também expressou a sua admiração pela geração jovem de hoje na Arábia Saudita: "eu sinto orgulho dos nossos rapazes e moças que querem desenvolver novas esferas de negócio. Fico admirada com o desejo deles de trabalhar e de abrir o seu negócio. A vontade deles ajuda na superação de obstáculos tanto pelo sexo quanto por qualquer outra coisa".

    Mais:

    Clérigo saudita sugere que mulheres 'só têm um quarto do cérebro' (VÍDEO)
    Mulheres combatentes curdas: vamos lutar até que Daesh seja eliminado
    Tags:
    igualdade de gênero, negócio, mulher, Abdullah Al-Saud, Arábia Saudita
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik