05:16 14 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Bandeira do Curdistão e combatente curdo Peshmerga monitorando a área a partir do seu posto na linha de frente em Bashiqa

    ONU oferece ajuda para resolver crise no Curdistão

    © AFP 2019 / AHMAD AL-RUBAYE
    Oriente Médio e África
    URL curta
    712
    Nos siga no

    A Organização das Nações Unidas ofereceu ajuda ao Iraque para lidar com a questão da independência do Curdistão, aprovada pela maioria esmagadora da população regional em um referendo realizado na última segunda-feira, segundo afirmou o Ministério das Relações Exteriores iraquiano.

    Bagdá planeja impor uma série de medidas punitivas ao Curdistão por conta da realização desse referendo. O governo iraquiano deu um prazo até sexta-feira para que as autoridades curdas entreguem o controle de seus aeroportos ao poder central. Caso contrário, a região será impedida de receber ou realizar voos internacionais diretos. 

    Em visita ao chanceler iraquiano, Ibrahim al-Jaafari, o representante da Secretaria-Geral da ONU Jan Kubis discutiu os desafios atuais em torno da segurança e dos desenvolvimentos políticos no Iraque. Jaafari destacou as repercussões negativas do referendo curdo, afirmando que todos os países do mundo concordam que essa consulta popular deve ser rejeitada. Kubis, por sua vez, de acordo com o comunicado do Ministério das Relações Exteriores, disse que a Organização das Nações Unidas está pronta para resolver esse problema, com base na unidade e na integridade territorial do Iraque.

    Mais:

    'Declarar guerra ao Curdistão iraquiano significa entrar em conflito com EUA e Israel'
    Com mais de 91% de votos pela independência, Curdistão sofrerá ataques de países vizinhos
    Tags:
    curdos, ONU, Jan Kubis, Ibrahim al-Jaafari, Iraque, Bagdá, Curdistão
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar