02:30 12 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Contingente militar dos EUA no Afeganistão

    Aviação dos EUA ataca civis no Afeganistão 'por engano'

    © AFP 2019 / Ed JONES
    Oriente Médio e África
    URL curta
    1007
    Nos siga no

    O ataque aéreo dos EUA causou a morte de civis, comunicou a OTAN.

    O bombardeamento aéreo norte-americano surgiu como resposta ao recente ataque contra o aeroporto de Cabul durante a visita do chefe de Pentágono James Mattis, diz o comunicado da Missão Apoio Resoluto da OTAN no Afeganistão, citado pelo RT.

    O comunicado aponta que os extremistas dispararam lança-minas contra o aeroporto de Cabul, tendo ainda utilizado homens-bomba. Após isso, a Força Aérea dos EUA efetuou um ataque aéreo para apoiar as forças de segurança do Afeganistão.

    "Infelizmente um dos mísseis funcionou inadequadamente, o que levou a vítimas entre os civis", diz o comunicado de imprensa da OTAN. 

    A missão da OTAN já anunciou ter iniciado uma investigação ao mau funcionamento dos projéteis, prometendo publicar em breve informação mais precisa sobre o incidente.

    "A Missão Apoio Resoluto lastima decididamente ter ocorrido um ataque a civis. Tomamos todas as medidas cautelares para evitar vítimas entre civis, mesmo quando os inimigos do Afeganistão continuam a ocupar posições que prejudicam os civis", informou a OTAN. 

    Helicóptero norte-americano sobrevoa o território do Afeganistão (foto de arquivo)
    © AP Photo / Massoud Hossaini
    Helicóptero norte-americano sobrevoa o território do Afeganistão (foto de arquivo)

    Apesar da baixa eficiência dos soldados norte-americanos que lutam contra o terrorismo no Afeganistão há 16 anos, as autoridades dos EUA não pretendem acabar com a sua operação. Em agosto, o chefe do Pentágono James Mattis aprovou a ordem de deslocamento de forças adicionais para o Afeganistão, aumentando o seu número de 8,4 para 11 mil soldados. Washington planeja enviar adicionalmente cerca de 3,5 mil soldados para o país. 

    Mais:

    Pentágono confirma: contingente militar dos EUA no Afeganistão vai aumentar
    Trump deve anunciar aumento de contingente militar dos EUA no Afeganistão
    Tags:
    contingente militar, operação, civis, morte, aviação, ataque, bombardeamento, OTAN, James Mattis, Afeganistão, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar