00:42 21 Setembro 2018
Ouvir Rádio
    Um bombardeiro estratégico Tu-22, da Força Aeroespacial da Rússia, durante a operação na Síria

    5 terroristas que organizaram ataque contra militares russos são eliminados na Síria

    © Sputnik / Ministério da Defesa da Federação da Rússia
    Oriente Médio e África
    URL curta
    14170

    Cinco comandantes da Frente al-Nusra, bem como os 32 combatentes do grupo terrorista, foram eliminados durante um ataque aéreo no sul da cidade de Idlib, anunciou na quarta (27) o Ministério russo da Defesa.

    Segundo o porta-voz do ministério, general Igor Konashenkov, a Rússia mobilizou o seu sistema de informações na Síria para encontrar e eliminar os jihadistas responsáveis pelo ataque  realizado em 18 de setembro.

    "Esta operação permitiu saber o lugar e a data de uma reunião organizada por comandantes importantes do grupo terrorista Tahrir al-Sham (antiga al-Nusra, rede síria da Al-Qaeda) no sul da cidade de Idlib", indicou o porta-voz do Ministério da Defesa russo.

    Durante o ataque às posições dos terroristas foram destruídos armazéns de munições e de explosivos, bem como seis veículos blindados todo-o-terreno, sublinhou Konashenkov.

    Em 20 de setembro o chefe do Comando Operacional Principal do Estado-Maior do exército russo, Sergei Rudskoi, declarou aos jornalistas que os jihadistas da Frente al-Nusra tentaram cercar um pelotão de militares russos na zona de desescalada em Idlib.

    Membros das forças especiais russas, apoiadas pela Força Aérea, retiraram do cerco um esquadrão de 29 policiais militares que, juntamente com membros de uma tribo local, rechachavam os ataques dos jihadistas por várias horas.

    Mais:

    Bombardeiros russos atacam posições dos terroristas na Síria
    Mídia: Coalizão dos EUA ataca aldeia na Síria deixando 9 mortos entre civis
    Tags:
    jihadistas, combatentes, comandantes, terroristas, posições, ataque, Ministério da Defesa, Frente al-Nusra, Idlib, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik