08:31 21 Setembro 2018
Ouvir Rádio
    Militares do Corpo de Guardiões da Revolução Islâmica marcham durante uma parada militar em homenagem à Guerra Irã-Iraque, de 1980-1988

    Irã começa manobras de grande escala na fronteira com Curdistão iraquiano

    © REUTERS / MORTEZA NIKOUBAZL
    Oriente Médio e África
    URL curta
    14291

    Manobras de grande escala do Corpo de Guardiães da Revolução Islâmica (IRGC, na sigla em inglês) foram iniciadas no domingo (24) na fronteira com o Curdistão iraquiano, onde em 25 de setembro será realizado um referendo sobre a independência.

    Anteriormente, o Irã se opôs à realização de um referendo sobre a independência pelos curdos iraquianos, que eles marcaram unilateralmente. Teerã é um dos parceiros principais das autoridades iraquianas, que consideram o referendo como ilegal.

    De acordo com o site do IRGC, a fase principal das manobras começou no noroeste do Irã na província de Azerbaijão Ocidental, que fica na fronteira com o Iraque.

    "Durante as manobras foram realizadas operações combinadas com veículos aéreos não tripulados, mísseis, artilharia, força aérea e veículos blindados", disse o comandante das Forças Terrestres do IRGC, Mohammad Pakpour.

    Mais cedo, o presidente do Curdistão iraniano, Masud Barzani, declarou que a região não adiará o referendo, apesar da pressão política, e o realizará em 25 de setembro.

    Tags:
    manobras, referendo, Corpo de Fuzileiros da Marinha dos Guardiões da Revolução Islâmica (IRGC), Curdistão iraquiano, Irã
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik