12:36 13 Julho 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    14291
    Nos siga no

    Manobras de grande escala do Corpo de Guardiães da Revolução Islâmica (IRGC, na sigla em inglês) foram iniciadas no domingo (24) na fronteira com o Curdistão iraquiano, onde em 25 de setembro será realizado um referendo sobre a independência.

    Anteriormente, o Irã se opôs à realização de um referendo sobre a independência pelos curdos iraquianos, que eles marcaram unilateralmente. Teerã é um dos parceiros principais das autoridades iraquianas, que consideram o referendo como ilegal.

    De acordo com o site do IRGC, a fase principal das manobras começou no noroeste do Irã na província de Azerbaijão Ocidental, que fica na fronteira com o Iraque.

    "Durante as manobras foram realizadas operações combinadas com veículos aéreos não tripulados, mísseis, artilharia, força aérea e veículos blindados", disse o comandante das Forças Terrestres do IRGC, Mohammad Pakpour.

    Mais cedo, o presidente do Curdistão iraniano, Masud Barzani, declarou que a região não adiará o referendo, apesar da pressão política, e o realizará em 25 de setembro.

    Tags:
    manobras, referendo, Corpo de Fuzileiros da Marinha dos Guardiões da Revolução Islâmica (IRGC), Curdistão iraquiano, Irã
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar