10:04 21 Outubro 2017
Ouvir Rádio
    Bandeira nacional do Irã

    Irã viola 'letra e espírito' de acordo nuclear, acusa chanceler dos Emirados Árabes Unidos

    © REUTERS/ Morteza Nikoubazl
    Oriente Médio e África
    URL curta
    72ª sessão da Assembleia Geral da ONU (19)
    8913010

    A chancelaria dos Emirados Árabes Unidos emitiu duras críticas ao Irã durante a Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU) nesta sexta-feira (22).

    "Dois anos se passaram desde o acordo nuclear com o Irã sem sinal de mudança em seu comportamento hostil, [ele] continua a desenvolver seu programa nuclear e viola a letra e o espírito desse acordo", disse o ministro das Relações Exteriores dos Emirados Árabes Unidos, Abdullah bin Zayed al Nahayan.

    Apesar da crítica, o chanceler dos Emirados Árabes Unidos afirmou que seu país apoia o acordo nuclear de 2015 assinado por Teerã e Estados Unidos, Rússia, China, França e Reino Unido e Alemanha.

    É o Plano Conjunto de Ação Conjunta (JCPOA, na sigla em inglês), que estabeleceu o abrandamento das sanções contra o Irã em troca da imposição de limites em seu programa nuclear. O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, também falou sobre o acordo nuclear nesta semana.

    Abdullah bin Zayed al Nahayan disse que a política "hostil e expansionista" do Irã é o principal obstáculo para resolver todas as crises no mundo árabe.

    Tema:
    72ª sessão da Assembleia Geral da ONU (19)

    Mais:

    Pressão política e ajuda humanitária: Irã introduz sua visão sobre a crise dos rohingyas
    Analistas: Trump ataca acordo nuclear porque busca uma guerra com o Irã
    Trump sobre acordo nuclear com Irã: 'Já decidi'
    'Novo Hitler': líderes do Irã e Venezuela revidam intervenção de Trump na Assembleia Geral
    Netanyahu ameaça Irã e sugere que Israel possa usar armas nucleares
    Rússia se diz 'preocupada' com posição de Trump que pode quebrar acordo nuclear com Irã
    Tags:
    ONU, Donald Trump
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik