23:31 12 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Soldado do exército sírio hasteia a bandeira nacional do seu país durante uma batalha com jihadistas em Aleppo, Síria

    Tropas sírias são atacadas de áreas controladas por militantes e militares dos EUA

    © AP Photo / Hassan Ammar
    Oriente Médio e África
    URL curta
    Tensão norte-americana na Síria (15)
    121016
    Nos siga no

    Os soldados sírios foram atacados por 2 vezes a partir das áreas onde se deslocam os militantes das Forças Democráticas da Síria bem como os militares dos EUA, comunicou o representante oficial do Ministério da Defesa russo, major-general Igor Konashenkov.

    "Em meio dos avanços das tropas sírias, a coalizão internacional encabeçada pelos EUA e as Forças Democráticas da Síria interromperam a operação de libertação de Raqqa", afirmou o militar russo.

    De acordo com ele, as áreas centrais da antiga "capital" do grupo terrorista Daesh (proibido na Rússia e nos outros países), que representam cerca de 25% da cidade, permanecem controladas por terroristas.

    "Foram realizados dois ataques de lança-minas e de artilharia reativa contra as tropas sírias a partir das áreas na margem oeste do Eufrates, onde estão presentes militantes das Forças Democráticas da Síria bem como militares norte-americanos", sublinhou Konashenkov.

    Ele sublinhou que nestas áreas se encontram, junto com as tropas sírias, militares russos das forças especiais que combatem os extremistas do Daesh

    Por isso, de acordo com ele, o representante do Comando das forças dos EUA em Al-Udeid (Qatar) foi informado de que "as tentativas de ataques a partir das áreas onde ficam militantes das Forças Democráticas da Síria terão uma resposta imediata".

    Tema:
    Tensão norte-americana na Síria (15)

    Mais:

    Aviação russa e síria fez terroristas abandonar material bélico (VÍDEO)
    Bombardeio da coalizão liderada pelos EUA deixa ao menos 12 civis mortos na Síria
    Tags:
    lança-minas, militares, artilharia, terroristas, tropas, ataque, Ministério da Defesa Russo, Forças Democráticas da Síria, Daesh, Igor Konashenkov, Síria, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar