04:18 22 Janeiro 2018
Ouvir Rádio
    Bandeira do Curdistão em Arbil

    Curdistão vai realizar referendo de independência mesmo com pressão internacional

    © AFP 2018/ SAFIN HAMED
    Oriente Médio e África
    URL curta
    313

    Um alto funcionário iraquiano do Curdistão disse à Sputnik que o Curdistão iraquiano realizaria um referendo de independência, apesar da pressão política.

    O Curdistão iraquiano vai votar pela independência, mesmo diante da pressão internacional e regional para cancelar o pleito, disse à Sputnik o chefe da Comissão Eleitoral Independente para Eleições e Referendo no Curdistão, Hendrin Mohammed.

    "Infelizmente, há uma grande pressão internacional e regional, como você sabe. Os Grandes Poderes opõem-se ao voto. Mas estamos avançando para o fato de que o referendo acontecerá", disse Mohammed.

    O funcionário acrescentou que a recente decisão do Parlamento iraquiano de rejeitar o referendo não impedirá a comissão de preparar e conduzir o voto de independência, uma vez que segue apenas a legislação autônoma do Curdistão e as ordens do presidente do Curdistão iraquiano Masoud Barzani.

    No início de junho, Barzani anunciou sua intenção de realizar um referendo sobre a independência da região do Iraque em 25 de setembro. O movimento já foi amplamente criticado pelas autoridades iraquianas, bem como por vários outros países, incluindo o Irã, a Turquia e os Estados Unidos.

    Mais:

    Independência de Curdistão: como será o Iraque depois do Daesh?
    Turquia descarta reconhecimento de Curdistão independente
    Curdos da Síria apoiarão independência do Curdistão iraquiano
    Tags:
    Comissão Eleitoral Independente para Eleições e Referendo no Curdistão, Parlamento do Iraque, Sputnik, Hendrin Mohammed, Masoud Barzani, Estados Unidos, Curdistão iraquiano, Turquia, Irã, Iraque
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik