17:33 21 Outubro 2017
Ouvir Rádio
    O mapa de Qatar

    EUA preveem uma 'solução rápida' para crise entre Qatar e países do Golfo Pérsico

    © REUTERS/ Thomas White
    Oriente Médio e África
    URL curta
    72ª sessão da Assembleia Geral da ONU (19)
    143521

    O presidente dos EUA, Donald Trump, previu uma rápida solução da disputa entre os Estados árabes do Qatar e do Golfo Pérsico e negou os relatos de que advertiu a Arábia Saudita para não lançar um ataque militar para derrubar o governo do Qatar.

    As afirmações aconteceram em uma coletiva de imprensa após uma reunião nesta terça-feira com o emir do Qatar, Tamim bin Hamad al-Thani, à margem da Assembleia Geral da ONU, em Nova York.

    "Estamos agora em uma situação em que tentamos resolver um problema no Oriente Médio e acho que o resolveremos", afirmou Trump nesta terça-feira. "Tenho uma sensação muito forte de que será resolvido muito rapidamente".

    À medida que o grupo de imprensa estava sendo levado para fora da sala, Trump respondeu "não", quando perguntado sobre um relatório anterior de que havia avisado os sauditas sobre a ação militar contra o Qatar.

    Mais cedo na terça-feira, a Bloomberg informou que a Arábia Saudita e os Emirados Árabes Unidos (EAU) tinham contemplado tomar medidas militares contra o Qatar durante os estágios iniciais da disputa, até Trump chamar líderes de ambos os países e instruí-los a "recuar". A Bloomberg baseou seu relatório em duas fontes anônimas.

    Em junho, os Emirados Árabes Unidos, a Arábia Saudita, o Bahrein e o Egito cortaram os laços diplomáticos e impuseram um bloqueio econômico no Qatar, acusando Doha de apoiar grupos terroristas no Oriente Médio.

    Trump não respondeu quando perguntado se o Qatar financiou o terrorismo, uma acusação que o presidente dos EUA fez durante uma cúpula da primavera com líderes do mundo árabe, de acordo com um relatório.

    Tema:
    72ª sessão da Assembleia Geral da ONU (19)

    Mais:

    Após dois anos, embaixada do Qatar no Irã retoma suas atividades
    Qatar se aproxima do Irã para criar novo bloco contra sauditas?
    Impasse no Golfo: Qatar restaura laços com o Irã, rival da Arábia Saudita
    Tags:
    sanções econômicas, relações diplomáticas, diplomacia, ONU, Tamin ben Hamad al Thani, Donald Trump, Emirados Árabes, Estados Unidos, Golfo Pérsico, Qatar, Bahrein, Egito, Arábia Saudita
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik