05:16 24 Novembro 2017
Ouvir Rádio
    Consequências de ataque aéreo na província de Raqqa (Arquivo)

    Coalizão liderada pelos EUA acusa Rússia de ataque aéreo contra combatentes das FDS

    © REUTERS/ Rodi Said
    Oriente Médio e África
    URL curta
    403601233

    A coalizão internacional de combate ao grupo terrorista Daesh, liderada pelos EUA, acusou neste sábado a Rússia de realizar ataque aéreos contra as posições das Forças Democráticas da Síria (FDS).

    "Aproximadamente às 00hs30 de Greenwich do dia 16 de setembro [20hs30 de 15 de setembro em Brasília] as forças russas realizaram um ataque ao leste do rio Eufrates na Síria, nas proximidades de Deir ez-Zor, que resultou em ferimento de combatentes dos parceiros da coalizão", informou um comunicado do comando da coalizão.

    Mais cedo, uma fonte curda declarou à Sputnik que seis soldados das tropas conjuntas de árabes e curdos das FDS se feriram durante ataque das Forças Aéreas do governo sírio.

    O ministério da Defesa da Síria ainda não comentou o incidente.

    Segundo Moscou, os ataques aéreos são realizados depois de uma rigorosa verificação dos dados da inteligência. Até hoje, nenhuma acusação referente à atuação da aviação russa na Síria foi confirmada.

    Mais:

    Ataques aéreos da coalizão liderada pelos EUA mataram mais de 40 civis
    Ataques aéreos de Israel mataram civis, diz governo sírio
    Pentágono disse que ataques aéreos contra tropas do governo sírio eram autodefesa
    Tags:
    ataque aéreo, FDS, Daesh, coalizão internacional, Rússia, EUA, Deir ez-Zor, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik