08:05 26 Setembro 2017
Ouvir Rádio
    Preparativos para o referendo sobre a independência no Curdistão iraquiano

    Israel apoia aspiração dos curdos de terem Estado próprio

    © REUTERS/ Azad Lashkari
    Oriente Médio e África
    URL curta
    2679334

    Israel anunciou que apoia as aspirações dos curdos de criarem seu próprio Estado nas vésperas do próximo referendo sobre a independência, convocado no Curdistão iraquiano.

    A declaração do primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu distanciou-se da reação negativa de vários outros países quanto à decisão dos curdos iraquianos, que planejam pôr a questão a votação em 25 de setembro.

    "[Israel] apoia os esforços legítimos do povo curdo de adquirir um Estado próprio", lê-se no documento.

    O texto especifica que Israel se opõe às ações do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK) na Turquia, proibido neste país e considerado por Ancara como organização terrorista.

    As autoridades do Curdistão iraquiano anunciaram no início de junho a decisão de realizar um referendo sobre a sua independência em 25 de setembro de 2017, um passo que foi criticado tanto por Bagdá quanto a nível internacional, principalmente pelos EUA, Turquia e Irã.

    Mais:

    Mídia: em meio à crise dos rohingyas, Israel fornece armas a Mianmar
    Especialista: Israel corre risco de cair em uma perigosa dependência da China
    Tags:
    independência, referendo, Benjamin Netanyahu, Israel, Curdistão iraquiano
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik