12:00 19 Novembro 2017
Ouvir Rádio
    King Salman bin Abdulaziz Al Saud of Saudi Arabia (R) greets Russian Foreign Minister Sergei Lavrov in Jeddah, Saudi Arabia September 10, 2017 in this Saudi Press Agency handout

    Lavrov pede 'diálogo imediato' para resolver contenda diplomática no Golfo

    Saudi Press Agency
    Oriente Médio e África
    URL curta
    140640

    O Qatar e seus adversários do Oriente Médio devem entrar rapidamente em diálogo para resolver a disputa em curso na região, disse o ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, em uma visita diplomática ao reino da Arábia Saudita no domingo.

    Falando em uma coletiva de imprensa em Jeddah, Lavrov detalhou que todas as partes no desacordo regional devem resolver suas diferenças através de meios diplomáticos pacíficos.

    "Confirmamos a nossa posição em favor da resolução dos desacordos por meio de negociações, expressando soluções que levem em conta as preocupações e os interesses de todas as partes", disse Lavrov, citado pelo canal RT.

    Em 5 de junho, o reino saudita, juntamente com o Egito, o Bahrein e os Emirados Árabes Unidos, cortaram as relações diplomáticas com o Qatar, acusando o principado de apoiar o terrorismo.

    "Estamos interessados ​​em todos os esforços mediadores que atualmente estão sendo produzidos produzindo resultados, e a unidade do Conselho de Cooperação do Golfo (GCC) sendo restaurada", disse o chefe da diplomacia russa.

    O Kuwait e os EUA tentaram, sem sucesso, mediar a crise diplomática em curso, e a Turquia aumentou as tensões na área enviando suas tropas para solo qatari. Após meses de conversa, Riade suspendeu novamente as negociações com Doha na semana passada alegando que o Qatar é um "fator de distorção" no Golfo.

    O ministro das Relações Exteriores da Arábia Saudita, Adel al-Jubeir, afirmou que a monarquia saudita buscava "a seriedade em encontrar uma solução para esta crise que leva à implementação de princípios que todos os países apoiam: não apoiar o terrorismo, não acolher convidados indesejados, nenhuma intervenção nos assuntos dos outros", citado pela Reuters.

    Lavrov e al-Jubeir também discutiram os planos para as zonas de escalação militar na Síria, bem como a unificação das facções armadas da oposição síria.

    "O reino apoia a criação de zonas de escalação e aguarda com expectativa o início de um processo político que acabará com a crise síria", afirmou o ministro das Relações Exteriores saudita.

    Mais:

    Crise do Golfo: EUA insistem que países árabes retirem bloqueio sobre Qatar
    Qatar: Para negociar, pare primeiro de se intrometer
    Militares turcos desembarcam em sua base no Qatar
    Opinião: informações sobre abertura de base militar iraniana visam pressionar Qatar
    Egito cancela isenção de vistos com Qatar
    Tags:
    Conselho de Cooperação dos Estados Árabes do Golfo (GCC), RT, Adel al-Jubeir, Sergei Lavrov, Jeddah, Riade, Doha, Golfo Pérsico, Qatar, Kuwait, Bahrein, Emirados Árabes Unidos, Egito, Arábia Saudita, Síria, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik