08:38 28 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    080
    Nos siga no

    Os militares sírios e forças aliadas estão a 20 km dos arredores de Deir ez-Zor, cidade síria bloqueada pelos combatentes do Daesh, informa à Sputnik uma fonte que está no local.

    "Os militares do general Suheil se encontram a 18-20 km de Deir ez-Zor", comunica a fonte.

    Nas últimas 24 horas, um grande número de militantes do Daesh (organização terrorista proibida na Rússia) foi eliminado, principalmente graças aos ataques aéreos dos aviões russos e sírios, revela a fonte.

    "Faltam poucos dias para destruição do bloqueio e para vitória em Deir ez-Zor", anunciou.

    Seis bombardeiros Tu-22M3 atacaram pontos do Daesh em Deir ez-Zor
    © Sputnik . Assessoria de imprensa do Ministério da Defesa russo
    Deir ez-Zor é o último baluarte na Síria do Daesh, organização terrorista que vem controlando esta cidade há mais de três anos. A situação está mudando, pois as forças do Daesh estão perdendo rapidamente suas posições.

    Em meados de agosto, o Ministério da Defesa da Rússia anunciou a liberação do povoado de Al Sukhhnah, que abriu o caminho para Deir ez-Zor.

    A guerra civil entre as forças do governo sírio e de vários grupos de oposição, incluindo organizações terroristas, vem devastando o país desde 2011, tendo deixado centenas de milhares de mortos e provocado o deslocamento de milhares de pessoas.

    Mais:

    ONU espera que Deir ez-Zor e Raqqa sejam retomadas do Daesh em outubro
    Exército sírio toma povoado estratégico a caminho de Deir ez-Zor (VÍDEO)
    'A vitória está perto': forças sírias e russas planejam perseguir Daesh até Deir ez-Zor
    Ataque aéreo da coalizão vitima 3 crianças em Deir ez-Zor
    Rússia confirma libertação do baluarte jihadista em Homs que abre caminho para Deir ez-Zor
    Tags:
    Síria, Deir ez-Zor, Al-Sukhnah, Exército da Síria, Força Aérea da Rússia, Ministério da Defesa (Rússia), aviões, ataques aéreos, combate ao terrorismo, libertação, bloqueio, vitória
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar