20:09 02 Dezembro 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    81116
    Nos siga no

    A Força Aérea dos EUA usou uma base aérea secreta nos Emirados Árabes Unidos (EAU) para missões de combate e só agora a sua existência se tornou pública, informa a edição Military.com. Pela primeira vez em uma década, os EUA reconheceram abertamente a existência de uma base "não declarada".

    Trata-se da base aérea de Al-Dhafra, nos EAU, usada pela Força Aérea dos EUA em suas missões contra o Daesh (organização terrorista proibida na Rússia e em vários outros países).

    A unidade militar estacionada na base é o 380 Air Expeditionary Wing, formado em 2002 para apoiar as operações dos EUA no Afeganistão.

    A base é especializada em reabastecimento e suporte logístico.

    Agora os aviões da Al-Dhafra estão realizando missões de reconhecimento, bem como missões de ataque e de apoio aéreo no Iraque e na Síria, informou a Military.com, citando os comandantes da base.

    As atividades militares do 380 Air Expeditionary Wing não tinham tido muita atenção da mídia até a embaixada dos EUA no país árabe ter decidido revelar oficialmente a natureza da base.

    Além de aviões, drones e reservas de combustível, a base possui seu próprio centro de controle de operações, que coordena o reabastecimento de aeronaves dos EUA na zona com outras bases aéreas no Oriente Médio.

    Mais:

    Coreia do Norte ameaça 'sepultar a totalidade dos EUA debaixo de água'
    Tags:
    base aérea, Daesh, Emirados Árabes Unidos, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar