13:12 11 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Bandeiras da Síria na cidade de Madaya, em 14 de janeiro

    Oposicionista sírio: 'Percebi que forças ocidentais pretendem dividir a Síria'

    © AFP 2017/ LOUAI BESHARA
    Oriente Médio e África
    URL curta
    21210

    Segundo uma informação obtida pela Sputnik de fontes da Coalizão Nacional Síria da Oposição e das Forças Revolucionárias, um dos dirigentes da Coalizão, Bessam Melik, começou apoiando o governo sírio.

    Segundo se soube, ele saiu da Coalizão Nacional Síria da Oposição e das Forças Revolucionárias, abandonou a Turquia e regressou à Síria.

    Bessam Melik esclareceu à Sputnik Turquia que, após 7 anos, ele percebeu "que os EUA, os países ocidentais e os países do golfo Pérsico conspiraram contra a Síria, tendo como objetivo o desmembramento do território sírio".

    No fim de 2011, no início das confrontações na Síria, Melik fugiu de Damasco para a Turquia, onde ele entrou para a Coalizão Nacional Síria da Oposição e das Forças Revolucionárias. Antes disso, ele presidia à Câmara de Comércio de Damasco.

    Mais:

    Síria acusa Ocidente de financiar terrorismo
    Assad: Ocidente distorce dados sobre vítimas na Síria para justificar intervenção
    Tags:
    desintegração, oposicionistas, opinião, política, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik