18:42 16 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Caça MiG-23 da Força Aérea líbia, Líbia, 4 de setembro de 2016

    Sob que forma pode ser efetuada ajuda militar russa à Líbia?

    © AFP 2017/ MAHMUD TURKIA
    Oriente Médio e África
    URL curta
    5151

    A Rússia podia iniciar o fornecimento de armamento para a Líbia, mas não se trata do envio de um contingente militar russo, comunicou o especialista militar Igor Korotchenko, editor-chefe da revista russa Defesa Nacional.

    Na véspera, o comandante do exército nacional líbio Khalifa Haftar comunicou, após seu encontro com o ministro das Relações Exteriores russo Sergei Lavrov, que a Líbia está discutindo com a Rússia a questão da prestação de ajuda militar.

    Anteriormente, o chefe do departamento de segurança da empresa Rosoboronexport Valery Varlamov havia informado os jornalistas de que a Rússia estava pronta para discutir a questão do fornecimento de armamentos à Líbia, mas hoje em dia não há garantias que nesse caso esses armamentos não se vão espalhar pelo norte da África.

    "A ajuda militar à Líbia pode ser prestada sob forma de fornecimentos de armas para este país: é preciso perceber se se vai tratar de fornecimentos gratuitos ou a parte Líbia está pronta a pagar por estes contratos. Tendo em conta que mesmo em condições de conflito militar interno a Líbia continua sendo um país muito rico, que continua exportando petróleo, tais contratos devem ser pagos", acrescentou Korotchenko.

    Falando dos tipos de armamentos que Moscou podia oferecer à Líbia, o analista destacou os blindados, armas ligeiras, helicópteros e drones – o equipamento necessário na luta contra os rebeldes.

    Ele excluiu também a possibilidade de qualquer envio de um contingente militar para a Líbia, porque a Rússia não tem nenhuma necessidade prática de expandir sua presença militar na região.

    Mais:

    Exército Nacional da Líbia pede ajuda militar à Rússia
    Qual é o objetivo da Rússia no lançamento de mísseis perto da costa líbia?
    Tags:
    rebelde, contingente militar, armamento, equipamento, segurança, comandante, exército, ajuda militar, Khalifa Haftar, Líbia, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik