23:39 23 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Helicópteros russos Ka-52 'Alligator' são usados contra o Daesh na Síria

    Paraquedistas sírios libertam área populosa sob controle do Daesh, diz Rússia

    © Sputnik / Mikhail Voskresenskiy
    Oriente Médio e África
    URL curta
    11310
    Nos siga no

    O Exército sírio realizou no dia 12 de agosto um ataque tático com soldados paraquedistas atrás das linhas de defesa do grupo terrorista Daesh, capturando sem perdas a cidade de Al-Hader, na província de Hama, informou o Ministério da Defesa russo nesta segunda-feira.

    “Na noite de 12 de agosto, pela primeira vez desde o início das hostilidades contra o grupo terrorista Daesh na Síria, as forças do governo conseguiram preparar e conduzir uma operação meticulosa para organizar um pouso tático na retaguarda dos militantes, seguida pela imposição da derrota e captura do assentamento de Al-Hadar, a cerca de 120 quilômetros a 74 quilômetros a oeste da cidade de Deir ez-Zor”, informou o ministério em comunicado.

    Os helicópteros de combate Ka-52 russos realizaram ataques na área para ajudar a campanha do exército sírio.

    “Com a ajuda de sistemas de visão noturna, os renomados [Ka-52] Alligators não só efetivamente direcionaram e corrigiram o fogo do sistema de foguetes de lançamento múltiplo, mas também destruíram veículos blindados e veículos blindados [terroristas]”, disse o ministério.

    De acordo com a nota, os conselheiros militares russos participaram diretamente na preparação e execução da operação liderada pelo conhecido general sírio Suhel Hassan.

    “Em uma breve batalha, os paraquedistas sírios destruíram os depósitos de munições de terroristas, destruíram dois tanques [do Daesh] e três veículos blindados”, afirmaram militares russos.

    Os paraquedistas sírios estavam segurando as posições capturadas antes da aproximação das forças principais.

    “As ações da força de pouso tático e a eficácia do dano de fogo infligido aos militantes do Daesh permitiram que as tropas do governo tomassem Al-Hadar sem perdas”, concluíram os militares da Rússia.

    Após a operação bem sucedida, o Exército sírio ganhou o controle sobre 60 quilômetros quadrados do território, três áreas povoadas e dois campos de petróleo.

    No domingo, o Ministério da Defesa russo disse que a aviação militar russa ajudou o Exército sírio a libertar o “viveiro” do Daesh na província de Homs: a cidade de As-Sukhnah. O desenvolvimento operacional prepara agora o caminho para libertar a sitiada cidade de Deir ez-Zor.

    No mesmo dia, o ministro da Defesa, Sergei Shoigu, disse que a libertação de Deir ez-Zor significaria em grande parte o fim bem sucedido da luta contra a Daesh.

    Mais:

    Força Aeroespacial russa aprende 'novos métodos de atacar alvos' na Síria
    Áreas livres de terrorismo na Síria aumentaram em 2,5 vezes graças à Rússia
    Conflito direto entre EUA e Rússia na Síria pode ser questão de tempo
    Tags:
    exército sírio, conflito sírio, guerra, terrorismo, Daesh, Ministério da Defesa (Rússia), Suhel Hassan, Al-Hadar, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar