04:14 24 Setembro 2018
Ouvir Rádio
    Soldados turcos na Síria

    Curdos desmentem nova entrada de tropas turcas no norte da Síria

    © AFP 2018 / BULENT KILIC
    Oriente Médio e África
    URL curta
    140

    A informação sobre a entrada de tropas turcas em algumas povoações na região de Kobane, no norte da Síria, não é verdadeira, disse à Sputnik o representante oficial do Partido de União Democrática curdo.

    Este domingo (30), várias mídias curdas noticiaram que as tropas turcas entraram na região de Kobane, no norte da Síria, instalando lá suas forças.

    Foi informado também que os militares turcos estariam minando o território.

    "Esta informação é falsa. Posso confirmar que o exército turco não tinha entrado nas povoações da região de Kobane", afirmou o representante.

    As Unidade de Proteção Popular (YPG) curdas alegadamente advertiram os militares turcos que, caso eles não deixassem o território na região de Kobane, dariam uma resposta, segundo a agência curda ANHA.

    Antes, a agência curda Hawar News noticiou que o Conselho Constituinte da autoproclamada Federação do norte da Síria tinha indicado as datas das eleições para os órgãos de autogestão de diferentes níveis.
    O Curdistão sírio se autoproclamou como "região federal" no norte da Síria constituída por três cantões: Afrin, Jazira e Kobane.

    A Turquia acredita que os grupos curdos da Síria têm laços estreitos com o Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK), proibido na Turquia, temendo que os curdos turcos sigam o exemplo dos curdos sírios que estão exigindo autonomia.

    Mais:

    Síria pressiona ONU por morte de civis em ataque da coalizão liderada pelos EUA
    Menos de 2 mil combatentes do Daesh permanecem em Raqqa, na Síria
    Tags:
    conflito regional, Partido da União Democrática (PYD), Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK), Unidades de Proteção Popular (YPG), Curdistão sírio, Turquia, Kobane, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik